28 outubro, 2014

O estande da casa escola no RN TV

Pois é, o estande da casa escola apareceu em umas das filmagens do RN TV, que falava sobre a programação da cientec!

Confira o vídeo:


video


Clara e Bia 8ºano.

Cientec


Minha experiência na Cientec foi excelente, pois, apresentei sobre assuntos importantes, como o consumismo da água. Mostramos também como é a escola e as artes criadas pelos alunos do infantil e Fundamental I e II.

 Clara Fernandes

07 outubro, 2014

Linguagem e aspectos próprios de jornalismo


No jornal, existe uma linguagem própria. Podemos observar que eles têm algumas técnicas para o uso da ortografia. Quando fomos à TV Ponta Negra, a apresentadora Renata Passos nos mostrou como funciona o jornal e como funciona esse tipo de linguagem própria para jornalistas. Exemplo disso é o uso da barra: uma barra (/) equivale a um ponto final e duas barras (//), a uma vírgula; e três barras (///) , por exemplo.

Abaixo, estão outros aspectos que remetem à linguagem jornalística.


Sonoras: No hard news nunca deixe a sonora muito longa. Dê ritmo à matéria editando uma frase de efeito com poucos segundos. Use o recurso do Insert: se o entrevistado detalhar alguma cena e a equipe tiver as imagens, cubra parte da sonora com estas imagens.

Split: é a técnica de prolongar a imagem que vem do off por um ou dois segundos em cima da sonora.

Efeitos de transição: use este recurso edição em matérias especiais. No hard newsprefira corte seco. Evite repetir a sonora de um mesmo entrevistado na mesma matéria. Use sempre que possível o sobe som. Ele revela o clima em que a matéria foi feita.

BG: som ambiente que deve estar presente em todos os formatos da notícia.

Trilha sonora: Opte por músicas instrumentais. Quando são cantadas, a voz compete com a informação.

Música: sonorize as matérias, mas não abuse. Este recurso é um efeito surpresa e valoriza a matéria.

Escaladas: são as manchetes obrigatórias na abertura de todo o telejornal. Use frases curtas, prefira palavras concretas e verbos de ação. Quando possível intercale com um sobe som, um teaser ou sonoras. A escalada exibe o que o telejornal tem de mais importante.

Lauda: a lauda deve ser feita seguindo todos os critérios. O texto deve ser sempre em caixa alta e entrelinhamento 1,5. É necessário usar barras (/) para indicar parágrafo. No alto da lauda há um cabeçalho. Lá estão informações como retranca, nome do editor, tempo da matéria e a data que o editor fechou a edição.

 Fonte: http://jornal.metodista.br/tele/manual/manual.htm

Lucas, Iana, Clara e Sara.



TV Ponta Negra


Os alunos dos GRs de movietec e apresentação fizeram um passeio à TV Ponta Negra. Na ocasião, aprendemos como é feito o processo de edição dos programas e como os mesmos são gravados.

Nós tivemos a ajuda da jornalista Renata Passos, que nos levou para conhecer os estúdios e, no final da excursão, nos contou estórias que aconteceram ao longo da carreira dela.

-Cecilio

-Matheus

-Rodrigo

Tecnologia na produção da notícia Gr Apresentação e blog


Recentemente, os GRs de Movietec e Apresentação & Blog fizeram uma visita à TV Ponta Negra. Lá falamos com a repórter Renata Passos, mãe do aluno do 6º ano Arthur Passos. Ela nos contou e mostrou várias coisas sobre o jornalismo, dentre elas, a tecnologia na produção das notícias.



Para a equipe do jornal busque a notícia, é necessário que alguém faça uma denúncia de algum acontecimento. Logo após, o jornal vai verificar se a denúncia é verdadeira, entrevistando envolvidos. Depois montam a matéria que é enviada para a ilha de edição, onde eles editam com programas de computador, o material recebido. Depois de todo este processo, a matéria já pode ir para o jornal. 


Caio e Arthur P.

Redação: processo de produção da notícia

Os alunos dos GRs de Apresentação & blog e Movietec fizeram um passeio ao estúdio da TV Ponta Negra. Esta aula foi importante e interessante, uma vez que aprendemos os princípios do funcionamento de uma rede televisiva. Posso citar como exemplo a formação de uma notícia. 

O processo se dá, primeiramente, com a captação das notícias por meio das 
redes sociais e, logo após, verifica-se a veracidade da informação para, então, modelá-la. Desta forma, a notícia segue a caminho da redação. 

Assim que chega às mãos do editor e, posteriormente, ao editor chefe, a lauda fica concluída, até ser levada ao apresentador para ser gravada e emitida.

Pedro H. Pignataro e Solane Liz


IMPROVISO NA TV

É muito comum, quando se está gravando uma reportagem ou programa, que algo inesperado aconteça, como o teleprompter parar de funcionar do nada e o jornalista ter que improvisar, por exemplo. Muitas vezes o repórter nem mesmo sabe que o jornal voltou ao ar ou que seu microfone não está funcionando. Veja aqui alguns vídeos dos maiores micos que os jornalistas já pagaram:




Isadora e Sofia 8o ano

TV PONTA NEGRA



Quando fomos à TV Ponta Negra, aprendemos várias coisas sobre jornalismo como o processo de investigação e veiculação da notícia.

As notícias que são descobertas por meio de denúncias e pesquisas, sejam elas por internet, telefone, e-mail etc, são investigadas pelos repórteres e, depois disso, as equipes de edição começam o trabalho de montagem da matéria.

Artur Marinho e Tiago Pernambuco - 6o ano


Postagens mais lidas