10/06/2013

IECE Notícias





1º Recital de Poesias 

E aí galerinha? \õ
Nessa postagem vocês irão conferir tudo o que rolou no 1º Recital de Poesias ;)
O evento ocorreu às 17h do dia 28/05, e contou com a participação de alunos e professores do 2º ao 5º ano vespertino. Para participar, o aluno teria que escrever sua própria produção poética, individualmente ou em dupla, passar pela correção das professoras, para assim poder apresentá-la, concorrendo a livros de literatura *-*

O 1º Recital de Poesias foi organizado e promovido pelo GR de Eventos e GR Biblioteca - ambos do ensino fundamental I vespertino - e contou com a participação de Raquel, Rodrigo e Jeane como jurados.

Confira quais foram as poesias vencedoras:

1º LUGAR


VOU-ME EMBORA

SECA PRA LÁ
SECA PRA CÁ
ESSA SECA TEM QUE IR EMBORA JÁ
MINHA NOSSA QUE CALOR É ESSE
AQUI NO SERTÃO?
É O CALOR DA SECA CUMPADRE
O RIACHO JÁ SECOU, A BOIADA
 MORREU E NÃO TEM MAIS O
QUE PLANTAR, VOU PEGAR O PAU DE ARARA E VOU PARA A CIDADE,
ARRANJAR EMPREGO QUE PRESTE PRA
PODER ME SUSTENTAR SE DEUS QUISER
QUE VOLTE A ÁGUA PARA ALEGRAR
MEU CORAÇÃO E VOU GUARDAR AS
LEMBRANÇAS AQUI DENTRO DE MIM
E ESPECIALMENTE MEU QUERIDO
CAVALO ALAZÃO.


CAMILLE E LUIZA – 5º ano


2º LUGAR


O QUE É AMIZADE? 

AMIZADE É DIVIDIR E SE DIVERTIR,
PULAR, CORRER E DANÇAR SEM PARAR!
AMIZADE SEM FIM COM AMIGOS SÓ PRA MIM!
O QUE É AMIZADE PRA MIM?
TER UM AMIGO DO LADO POIS NOSSA AMIZADE
NUNCA VAI TER FIM.
AMIZADE SEM FIM TÃO IMPORTANTE PRA MIM
SEMPRE QUE PRECISAR UM
AMIGO AO SEU LADO TERÁ
POIS ISSO É AMIZADE VERDADEIRA.

RUTE E LARA – 4º ano



3º LUGAR




XÍCARA

A XÍCARA DA MINHA MÃE É LEGAL
MAS MEU PAI NÃO ACHA TÃO LEGAL.
MEU IRMÃO É SERIO
QUE NEM UM COPO VELHO.
MEU IRMÃO MAIS NOVO
ADORA LEITE COM BISCOITO.

VITOR – 4º ano



Denyse - Estagiária

07/06/2013

Direto da Assembleia - 04/06/13

        Pautas:
- Pautas (Grêmio);
- As novas tecnologias e suas implicações “Seca sem chuva é ruim, mas seca d’água” (Jorge, Shyrlaine e Alex, proposto pelo Grêmio).

                  Sugestões/Avisos:
- Grêmio: Luciane fala que as pautas para a Assembleia estão sem uso por parte dos membros de outros GR’s e isso tem prejudicado o andamento da Assembleia. Então, o Grêmio sugere a sua busca pelas pautas no dia do GR, como também durante a semana, sem tirar o papel de pautas da parede. Carol, 9° ano, sugere que a pauta possa ser preenchida até a terça, sem que haja necessidade da mediação do professor. Professora Luciane também concorda com Carol e esclarece essa forma de preenchimento pelo grupo. Professora Beth fala sobre a importância de poder colocar a pauta na terça, já que algumas delas surgem após a reunião do GR. Morgana comenta que os membros do Grêmio não precisam sair em todos os GRs buscando pauta, mas sim que possa ser colocada pauta na terça-feira. Pedro Henrique Medeiros sugere que tenha um representante de cada GR para colocar a pauta no quadro, ou deixar um papel na porta do GR com a pauta, sem que os membros do Grêmio atrapalhem a reunião. Jorge concorda que tenha um representante de cada GR, mas o Grêmio pode ir atrás para impedir que fique sem pauta.
- Ficou decidido que a pauta ficará aberta até a terça-feira, e que o Grêmio não irá atrás de pautas.
- Jorge avisa para os professores que no sábado (08/06) haverá reunião na escola. Também avisa que o orçamento da cobertura da quadra já está sendo pensado \o/
- Uma nova auxiliar da coordenação foi apresentada, Lorena.
- Jorge, Shyrlaine e Alex falam do tema da Agenda para o São João. 
- Discutimos sobre vários problemas relacionados à seca. A seca é um problema para todos os moradores do sertão do Nordeste, e o dever de ajudá-los é dos vários governantes, sejam eles municipais, estaduais ou federais. Os carros-pipa ajudam? Serão eles suficientes para levar água para todos os moradores do sertão? Não. Mesmo o Rio Grande do Norte tendo a maior quantidade de adutoras do mundo, não é o suficiente para todos. Como essas informações sobre a seca chegam aos ouvidos do Senado? Uma das formas é através do envio de imagens de pessoas pobres comendo comida dos animais, morrendo, dentre outra situações. O autor desse tipo de foto publica em jornais e revistas, ecomo consequência todos ficam cientes do problema que nos rodeia, mas e então? O que é resolvido após tamanha divulgação? Nada. As pessoas do sertão Nordestino ficam esperando pelos resultados, já que os carros-pipa não dão dando conta. Beth comenta que as pessoas que residem no exterior imaginam um Brasil onde crianças negras e magras brincam com uma bola de futebol. João Maria fala que, quando foi à Açu, viu pessoas residentes de assentamentos furando canos que levam água para à barragem, e logo após carregam-na para suas casas. Quanta água sai daquela barragem? Não é possível mandá-la para todos os assentamentos que estão no caminho? Essa iniciativa tem que partir dos políticos e nós, enquanto cidadãos, devemos cobrar os nossos direitos, primordialmente os direitos humanos da vida.

04/06/2013

IECE Notícias

Arraiá do IECE 2013

  Olá pessoal, vim convidar vocês para festejar o São João do IECE!
Nesse ano a temática do evento é sobre a questão da seca interligada às novas tecnologias. Teremos brincadeiras como Bingo, Corrida de Saco, Rabo de Jumento, Robótica Junina, dentre outras, além de comida bem típica do São João.

  Esse festão acontecerá no dia 22/06, mas atenção: a partir do dia 18/06, senhas e fichas para as comidas estarão disponíveis para a venda na secretaria da escola.

Confira imagens do São João do IECE em 2012:

Crianças se divertindo nos jogos

Apresentação de São João

  Então pessoal, espero que tenham gostado da postagem, e não percam a festa hein? 
Vai ser muito divertido (digo isso por experiência própria)!
Vejo vocês por lá ;D   

Confiram o bilhete com todas as informações:
http://iece.com.br/node/1952

Sofia - 6º ano
GRA

IECE Notícias

Seca no Nordeste

Olá, pessoal, 

Selecionei algumas imagens chocantes que representam o cenário da seca no Nordeste, confiram:

Gado morto

Família tentando pegar água da cisterna

Comparação da seca no Nordeste com a enchente no estado do Amazonas

  Como vocês estão vendo nessas fotos, a mídia nos mostra alguns dos problemas causados pela seca que são enfrentados diariamente pelos nordestinos. Existem críticos que dizem que o verdadeiro problema no Nordeste não é a seca, e sim os latifúndios - grandes propriedades rurais que praticam a monocultura (produção de um só alimento) – mas será mesmo que esse o grande problema? Vocês sabiam que o Nordeste é a maior região que recebe verbas federais a fim de solucionar os problemas provocados pela seca? Será que essas verbas são mesmo aplicadas em nossa região? As dificuldades enfrentadas pelas famílias que vivem em nossa região são tantas. Que tal nos mobilizarmos para “trazer” uma melhor qualidade de vida para o nosso país?

Fonte das imagens:
deolhonotempo.com.br
onu.org.br
onordeste.com

João Bellini - 8º ano
GRA

Tirinhas

Problemas causados pela seca

 


     Esta imagem mostra o desespero dos nordestinos diante da seca no Nordeste.
   Em uma placa de “procura-se emprego”, a imagem da chuva representa, na verdade, “procura-se água”. Nela, o êxodo rural é evidente: uma família sai do interior para procurar água, emprego e melhores condições de vida. Porém, quando chegam, não encontram nada. Não têm para onde ir, não têm o que comer, não têm onde morar, ou seja, vivem na mesma miséria.
   Você também pode notar algumas cabeças de gado no chão. Elas representam a morte dos animais na região: vacas, bois, cavalos, etc. Mesmo os que sobrevivem não têm nenhuma vantagem, pois emagrecem e morrem com o passar do tempo.

Vinícius - 6º ano
GRA
 

IECE Notícias

 A seca vista pela mídia



     Oi pessoal, vim falar um pouco sobre como a mídia retrata a seca no Nordeste. Eu pesquisei notícias em três grandes sites: Câmara Notícias, Uol Notícias e G1.
Nos dois primeiros sites, percebi que a seca foi retratada de modo mais brando, ou seja, nem tudo foi mostrado, tinha um interesse do governo por trás das reportagens, que por sua vez apenas relatam o que é seca, mas não questionam os verdadeiros problemas causados por ela.
O interesse maior, em minha opinião, é explicar o que os órgãos do governo estão fazendo para acabar com os problemas que mais afligem a população, como a morte em massa do gado, a falta de poços, cisternas, dentre outros.
Estas citações comprovam o que falei anteriormente: 
"O combate à seca foi debatido com autoridades e especialistas em comissão geral, no plenário da Câmara, no dia 8 de maio." Câmara Notícias
"Exército atuará no transporte de milho para abastecer o semiárido nordestino afetado pela estiagem." Uol Notícias
"A prefeitura de Betânia do Piauí informou que após a gravação da reportagem mudou a água fornecida às crianças das escolas municipais." G1 Notícias
Dentre os textos que li, apenas o do G1 falava de forma mais clara sobre a seca do nordeste, quando, por exemplo, afirmam que “A população está consumindo água contaminada” e “ A água para cozinhar e beber vem de uma poça que se forma quando chove um pouco”.

Samuel - 6º ano
GRA

IECE Notícias


   Tecnologia que gera água potável        
Outdoor instalado nos arredores de Lima, no Peru, transforma ar em água potável (Foto: Utec/Agência Mayo) 


Olá pessoal, hoje nós estamos trazendo para vocês uma reportagem de uma das inovações tecnológicas que transformam a umidade do ar em água potável.
     Na Universidade de Engenharia e Tecnologia (Utec) em Lima, Peru, especialistas criaram uma tecnologia inovadora: um outdoor que transforma a umidade do ar em água potável. O painel se encontra no vilarejo de Bujama, área localizada no sul da capital. "Um outdoor que produz água potável a partir do ar", afirma o cartaz que produziu mais de 9 mil litros de água, o que dá uma média 96 litros por dia.

Capturando a umidade

     Apesar das condições difíceis na região do vilarejo de Bujama, com poucas chuvas, a umidade do ar chega a 98%, segundo a Utec. Porém, segundo a especialista Jessica Ruas, "O painel captura a umidade no ar e a transforma em água. É simples assim", afirma a porta-voz da universidade.
     Dentro do painel existem cinco dispositivos que extraem vapor de água do ar usando um condensador e filtros. A água é armazenada em tanques no topo da estrutura. Depois de filtrada, desce por um cano conectado a uma torneira, acessível a todos.
    Assim, essa incrível inovação ajuda as pessoas que passam sede, por causa da falta de chuva na região.
 
              Pesquisadores querem mostrar que é possível resolver problemas com engenharia e tecnologia (Foto: Utec/Agência Mayo)          

Fonte: G1.com                                                                                                

Iana e Isadora - 7º ano
GRA